terça-feira, 3 de junho de 2014

A Constância da Escrita


Escrever é um exercício constante. Desde o início do blog, em 2003, as idéias vem e vão em ondas. Quando as colocamos para fora, parece que tomam vida e passam a vir com mais força. 

Um dos exemplos para mim mesmo é o blog. Abandonado por meses a fio, basta voltar a escrever para as idéias fluírem como se nunca tivéssemos parado de ter essa interação, eu e ele.

A diferença é que o público que freqüentava o acervo de pescarias mentais acaba por abandonar, depois de algum tempo sem notícias suas. Retiram seu blog das listas porque sabem que as atualizações vão demorar de ocorrer - se voltarem a ocorrer, um dia. 

Mas a aura do blog me encanta. Com o advento do microblog do passarinho, as idéias antes desenvolvidas com ardor e poder se reduzem a míseros 140 caracteres que, usando da minha própria metalinguagem, acabei de extrapolar. Em outras palavras, a própria explicação da existência do Twitter ultrapassa sua auto-imposta fronteira. 

A rede social do Mark também é outro exemplo das atualizações superficiais que passamos a lidar diariamente. Não importa mais o aprofundar de pensamentos, o escancarar da alma, o choro das pitangas. Tudo passa a ser belo, prazeroso, lindo e ilustrado. Sim, as ilustrações das fotos nas melhores poses, com os melhores sorrisos, nos melhores momentos, com as melhores companhias e lugares inesquecíveis. 

Mas falho em ver onde está a profundidade dos discursos nessas chamadas redes sociais. Por mais diferentes que sejam as idéias dos outros, o fato delas serem debulhadas em mais de um mísero parágrafo, aqui na blogosfera, faz brilhar os meus olhos. Fico feliz em ver que existem seres que se preocupam em espalhar seus mirabolantes pensamentos, exacerbar suas opiniões, exercitar sua capacidade critica, seja ela de um um filme, de um livro, de um evento ou apenas idéias e fatos de um já tão batido cotidiano. 

E assim, eu tento retomar o meu prazer da escrita. Aos poucos, aproveitando os momentos de ócio para transforma-lo em criação. Voltando meu olhar para meu eu interior e me reapropriar de algo que sempre foi meu: minha capacidade critica, em forma de textos, crônicas, histórias e recados. 

Para você, que tem estado aqui, meu muito obrigado. Não ligue para a bagunça. As idéias são minhas, a casa é minha, mas eu adoro receber visitas. Fique à vontade. 


No iPod: Sirens, do album novo de Cher. 
No iPad: albums episódios da 3ª temporada de "As Panteras" me esperam. 

19 comentários:

  1. Pra mim os blogs são a melhor invenção advinda da internet. Os agregadores RSS, em seguida. :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eduardo. Também acho. Bem-vindo. Não achei seu blog. Qual é?

      Excluir
  2. Primeiro quero agradecer sua visita lá no enfim! Aqui para retribuir este carinho. Muito bom poder ter mais um blogueiro de nível neste contexto de BlogsVille. Uma viagem poder compartilhar um pouco de suas emoções aqui jogadas através de palavras. Seguindo e linkando para não perder de vista.

    Vivas ao garoto q tb é do contra ... rs

    Beijão querido ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paulo. Seja bem-vindo. Eu que agradeço o carinho da visita também. Estava meio fora da blogosfera e, voltando, vejo que mentes pensantes continuam enchendo a web de idéias e pensamentos válidos. Já linkei seu blog também. Vamos pensando. Vamos falando. Vamos escrevendo. Vamos lendo. Vamos compartilhando. Beijão.

      Excluir
  3. Blogar é quase religião pra mim... hehe! Gosto muito e principalmente aprecio toda essa interação que eles permitem!

    E sobre o Diário: não! Não tem a ver com auto-ajuda... é mais na linha de exercício criativo do leitor. Eu curti! Hugz, man!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fred, seja bem-vindo também. Que bom que curtiu. Venha sempre. Eu tenho lido algumas coisas lá no seu espaço. Ri de muitas delas. A capacidade criativa do ser humano é mesmo infinita. Ainda bem. Para o nosso deleite. Beijão.

      Excluir
  4. Escrever ainda é uma forma sublime de organizar as emoções e ideias. Gostei da casa e gostei das linhas.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Terapêutico, como já foi dito por aqui por um dos comentaristas. Ehehhehehe. Obrigado pela visita. Muito bom ter vc por aqui. Beijos.

      Excluir
  5. Pois eu nunca tirei seu blo do blogroll esperando, com fé, seu retorno, mas agora vamos prometer não sumir mais né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu querido, obrigado pela fé. Beijos enormes. O seu sempre esteve ali do ladino, também. Olha o compromisso. Beijos.

      Excluir
  6. Olá menino, fiquei bem feliz em conhecer um pouco seu dinheiro de bordo, gosto muito de diários, concordo acho que com tudo que você escreveu, eu tenho blogs a um tempo, desde que era muito novx, sei lá 13, 14, ano, aqueles blogs de adolescente em transformação que não se aguenta dentro de si, depois as ideias mudaram muito, resultado outro blog, depois as ideias mudaram mais ainda, outro blog, esse acho que me acompanhará por mais tempo.
    Gosto muito dessa coisa que os blogs tem de algumas pessoas serem mais sinceras consigo mesmas, como você disse escancarar a alma, escrevem um monte, compartilhar e ver o que as outras pessoas estão pensando.
    Me estranha um pouco essas redes sociais que levam para a superficialidade e para construção de uma felicidade de plástico, enfim bloguemos, quando puder visite-me, um grande abraço querido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem-vindo ao meu espaço. Que bom que vc gostou. Aqui, as palavras são um pouco menos efêmeras que em outras redes sociais. Volte sempre. Vou Add o seu blog na minha bloglist.

      Excluir
    2. grato, por me add, eu sua blogslist, farei o mesmo com vc

      Excluir
  7. Adorooooo o que vc escreve meu amor !!!!

    ResponderExcluir
  8. E é uma prática maravilhosa! também tenho que voltar a escrever!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então volte. É maravilhosamente libertador.

      Excluir
  9. Descobri a "blogsfera" recentemente e estou exercitando algo de que sempre gostei: escrever!
    Dentro de minhas limitações, claro!
    Me cativa esta aura envolvendo pessoas diferentes com pontos de vistas diferentes.. é tão enriquecedor tudo isso!
    Estou aprendendo a espalhar meus "mirabolantes pensamentos", "exacerbar minhas opiniões", e por enquanto estou exercitando minha capacidade de juntar meus pensamentos e organizá-los no papel (tela) em forma de escrita!
    Quanto a capacidade critica sobre filmes, livros e etc... deixo para especialistas como você, (e são muitos por aqui) que me enriquece e alimenta minha alma! Seu blog é uma grata descoberta!
    Abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gera. Fiquei tímido com seu elogio, mas preciso agradece-lo. Antes de tudo, não sou especialista. Quando escrevo sobre os filmes aqui, falo muita besteira, porque não sou cinéfilo daqueles que sabem o nome do diretor e quais filmes ele fez antes daquele. Tenho imensa dificuldade de lembrar até do nome dos atores de uma determinada obra, mas o IMDB existe pra isso. Ele me ajuda e eu ponho "no papel" o que eu pensei sobre a obra. De qualquer forma, obrigado por ter gostado das besteiras que jogo no universo (risos).

      Escrever é uma delicia. Ser lido, melhor ainda. Obrigado por sua presença. Já fui lá no Blog do Careca e já o inclui no bloglist para poder ler vc um pouco mais.

      Escreva. Grite. Esperneie. É bom demais!
      Beijão.

      Excluir